O falso profeta

O Falso profeta

“No mesmo ano, no princípio do reinado de Zedequias, rei de Judá, isto é, no ano quarto, no quinto mês, Hananias, filho de Azur e profeta de Gibeão, me falou na Casa do SENHOR, na presença dos sacerdotes e de todo o povo, dizendo: Assim fala o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel, dizendo: Quebrei o jugo do rei da Babilônia. Dentro de dois anos, eu tornarei a trazer a este lugar todos os utensílios da Casa do SENHOR, que daqui tomou Nabucodonosor, rei da Babilônia, levando-os para a Babilônia. Também a Jeconias, filho de Jeoaquim, rei de Judá, e a todos os exilados de Judá, que entraram na Babilônia, eu tornarei a trazer a este lugar, diz o SENHOR; porque quebrei o jugo do rei da Babilônia”

Uma profecia de vida abundante a um povo que pecava contra o Senhor continuamente. Não seria isso maravilhoso para quem quer viver uma vida em conformidade com este século? Claro que sim. Pois é assim mesmo que muitos estão vivendo hoje em dia no evangelho. Alimentados por pessoas que não tem a Palavra de Deus para denunciar o pecado e sim traz consigo uma palavra Humana para acariciar as iniquidades cometidas no meio do povo. O falso profeta Hananias apresentava uma mensagem maravilhosa e tinha tanta ousadia, que não se sentia envergonhado de proclamá-la abertamente. Quando certo profeta do Senhor chamado Jeremias ouviu esta mensagem ele disse:  O profeta que profetizar paz, só ao cumprir-se a sua palavra, será conhecido como profeta, de fato, enviado do SENHOR”. Isso certamente não agradou o falso profeta. O interessante é que ele não se intimidou e tomou os canzis do pescoço de Jeremias, o profeta, e os quebrou; e falou na presença de todo o povo: Assim diz o SENHOR: Deste modo, dentro de dois anos, quebrarei o jugo de Nabucodonosor, rei da Babilônia, de sobre o pescoço de todas as nações. Jeremias tomou seu caminho e saiu andando. Certamente pensando consigo mesmo e com Deus naquelas mentiras que o falso profeta dizia. Assim como nós mesmo pensamos quando vemos tais barbaridades anunciadas por aqueles que se dizem ser de Deus. Para Jeremias certamente a opção mais segura e evidente seria se afastar. Mas esta não era uma questão para passar em branco diante de Deus e o Senhor disse a Jeremias que voltasse e falasse ao falso profeta as seguintes palavras: Assim diz o SENHOR: Jugos de madeira quebraste, mas em vez deles farás jugos de ferro. Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Jugo de ferro pus sobre o pescoço de todas estas nações, para servirem a Nabucodonosor, rei de babilônia, e servi-lo-ão, e até os animais do campo lhe dei.  E disse o profeta Jeremias ao profeta Hananias: Ouve agora, Hananias: Não te enviou o SENHOR, mas tu fizeste que este povo confiasse em mentiras.  Portanto, assim diz o SENHOR: Eis que te lançarei de sobre a face da terra; este ano morrerás, porque falaste em rebeldia contra o SENHOR. E morreu Hananias, o profeta, no mesmo ano, no sétimo mês. Muitas questões precisam ser tratadas no nosso meio. E Deus vai fazer isso. Assim como em Jerusalém caíram todas as palavras de Hananias e a cidade foi saqueada, muitas pessoas não se libertam do jugo de satanás por que não escutam mais a Palavra que liberta e sim aquela que faz sonhar. Andar nas nuvens é o ideal cristão deste século mal. Estamos cercados por más notícias. Indo de encontro a isso, prega-se em muitos lugares um evangelho imaginário que ignora esses fatos. Pessoas só pensando em prosperidade, curas, sinais, etc. Não estamos longe da apostasia de muitos homens/mulheres de Deus. Se hoje se prega sobre santidade tem que ter cuidado com a mensagem por causa do fulano ou do beltrano que tem uma vida irregular mais tem um ótimo dízimo e ou posição na igreja. Então não pode ofendê-lo. Somos profetas desta geração. E para nós não pode existir mensagem para massagear o ego de ninguém e sim a Palavra que vem de Deus. É assim que devemos agir e pregar. Que se levantem os porta vozes de Deus. A falsa profecia não fica longe dos trabalhos de feitiçaria e adivinhações. Basta você crer naquilo que o ser humano diz que tudo vai ficar bem. A mensagem de exortação do Evangelho não é mencionada, e em vez disso espalha-se um evangelho do “sentir-se bem”. Mas não devemos apontar para os outros sem olhar para nós mesmos, antes queremos aceitar essas exortações para nossa própria vida. Muita gente hoje no evangelho só quer saber das bênçãos. Cultos de exortação a santidade e ao temor não se faz mais. Aquele que permanece indiferente a Jesus Cristo, e só quer as bênçãos que Jesus pode nos dar, comete um erro que não poderá ser perdoado nem neste século nem no vindouro!

Para nossa meditação:

Judas 1

1 Judas, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados, santificados em Deus Pai, e conservados por Jesus Cristo:

2 Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados. Contra os falsos mestres

3 Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos.

4 Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo.

5 Mas quero lembrar-vos, como a quem já uma vez soube isto, que, havendo o Senhor salvo um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu depois os que não creram;

6 E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia;

7 Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno.

8 E, contudo, também estes, semelhantemente adormecidos, contaminam a sua carne, e rejeitam a dominação, e vituperam as dignidades.

9 Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.

10 Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionais se corrompem.

11 Ai deles! Porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré.

12 Estes são manchas em vossas festas de amor, banqueteando-se convosco, e apascentando-se a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte; são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas;

13 Ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações; estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas.

14 E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;

15 Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas obras de impiedade, que impiamente cometeram, e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.

16 Estes são murmuradores, queixosos da sua sorte, andando segundo as suas concupiscências, e cuja boca diz coisas mui arrogantes, admirando as pessoas por causa do interesse.

17 Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que vos foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo;

18 Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências.

19 Estes são os que causam divisões, sensuais, que não têm o Espírito.

20 Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo,

21 Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.

22 E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;

23 E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne.

24 Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória,

25 Ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre. Amém.

E ainda mais um pouco;

 “Porque os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, transformando-se em apóstolos de Cristo” (2 Co 11.13).

“Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras...” (2 Pe 2.1).

“Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora” (1 Jo 4.1).

“Porque esses tais não servem a Cristo, nosso Senhor, e sim a seu próprio ventre; e, com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração dos incautos” (Rm 16.18).

Pr. Adelcio Ferreira

Imprimir Artigo PDF

Comentários

Denise Cristina Mendes em 12/11/2017 16:55:26
Infelizmente muitos vivem para pregar para agradar aos homens e não a Deus,mas prestarão contas de cada um que
enganaram.Final dos tempos,Deus está dando oportunidade para aqueles que vivem nesse meio,que pulem fora e corram juntos com aqueles que pregam o evangelho genuíno.Deus sempre tem seu remanescente fiel,aqueles que não se dobraram diante de Baal.Glória a Deus por isso!Maranata!

Enviar comentário

voltar para Estudos

left|left tsN fwB|left show fwR|c10|||login news c10 c05 fwR tsY b01 b02 bsd|b01 c05 normalcase uppercase bsd|b01 normalcase fwR c10 tsY bsd|login news c05 b01 normalcase uppercase bsd|c05 tsN normalcase b01 b02 uppercase bsd|b01 c05 normalcase uppercase tsY bsd|content-inner||