Vai abrir uma Igreja? Posso lhe dar um conselho?

 

Vai abrir uma Igreja? Posso lhe dar um conselho?

Por esse motivo, vos estou enviando Timóteo, meu filho amado e fiel no Senhor, o qual vos trará à lembrança o modo como vivo em Cristo Jesus, em conformidade com o que eu ensino por toda parte, em todas as igrejas... (1Cor. 4-17)

Aqui aprendemos que Paulo tinha uma preocupação de estabelecer líderes e/ou dirigentes nas igrejas do Senhor. Dentro de um estudo mais aprofundado da carta de Paulo a Timóteo, e a Tito; os quais ele chama de filhos na fé, podemos ver a preocupação de Paulo com obreiros locais. O que hoje, geralmente não acontece em muitos ministérios. Já vimos aqui (Natércia –MG) minha cidade atual e nas cidades em redor que para o obreiro exercer o ministério longe do rebanho (não morando na cidade onde está situada a igreja que pastoréa); não funcionou muito para algumas denominações eclesiásticas e acabaram fechando, ou não tendo progresso, ou seja; não cresce a obra.

Também não vejo ser recomendado, biblicamente; nem pelo apostolo Paulo. Uma vez que existia, esta necessidade não só na igreja de Coríntios como também nas demais, Paulo envia também Tito para estabelecer obreiros locais. Que poderiam estar participantes do dia a dia da sociedade onde a igreja era inserida. Vejamos o que ele diz na sua carta a Tito:  Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei... (Tito 1:5).

Acredito que não haja nenhuma edificação para a igreja local, nem para os obreiros que não residem onde começa um novo trabalho. Porém pelo contrário; Virá o desgaste físico e espiritual.

Bem como também o socorro de outras lideranças às suas ovelhas será inevitável, pois o pastor da igreja não reside. Então; uma vez o pastor não estando presente, nada mais sensato, do que procurar ajuda em momento oportuno de outro pastor na cidade. Mais viável é esta posição, do que esperar a semana que vem, quando o pastor retornara.

Presenciamos aqui na cidade e em nossa experiência ministerial o seguinte. Pessoas de outros ministérios onde o pastor não é residente, buscam nosso aconselhamento. Como temos ética, não convidamos estes a estar conosco, porém nem todos são assim.

Outro problema é a canseira e enfado que acomete os obreiros do Senhor. Logo, estes são tomados da realidade da obra, quando o entusiasmo se vai, e a situação difícil se torna evidente.

O coração do obreiro não pode estar em dois lugares. O Obreiro precisa amar a cidade onde é inserido, e a igreja a qual ele vai pastorear.

Ele precisa ser conhecido na cidade, a igreja dele (que ele dirige) precisa estar em evidencia na sociedade. Você já deve ter ouvido ou até falado assim: (Esta igreja ai... não vai quase ninguém, o pastor só vem domingo fazer culto). Acredito que já tenha dito isso, ou ouviu isso de alguém.

Bom; acontece que estes trabalhadores da seara do Senhor, se esgotam. Pois se não há crescimento o ânimo cai, as dúvidas aparecem etc.

Sem contar nos imprevistos, que são mais suscetíveis de acontecer, impedindo assim o funcionamento da igreja,e a frequência dos cultos.

Temos esta visão. Obreiros locais para igrejas locais. Se vai abrir em tal cidade, o obreiro muda-se para esta cidade. Temos logrado êxito em todas as congregações que abrimos, por que enviamos o obreiro. Inserimos ele no contexto de vida onde será um pastor de ovelhas.

Deus tem nos abençoado também, com uma escola de obreiros e muitos estão sendo levantados para este fim. Mostramos sempre esta realidade. Por que queira ou não, concorde comigo ou não, não deixa de ser uma realidade bíblica.

Jesus disse: Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19,20

Obs: ( sem contar a parte burocrática, que precisa estar em dia para não arrumar dor de cabeça)

Deus abençoe.

Pr. Adélcio Ferreira

Imprimir Artigo PDF

Comentários

Denise Cristina Mendes Ferreira em 31/01/2018 21:08:47
Paz do Senhor pastor!
Realmente as ovelhas precisam ter essa segurança de que, caso precisem,seu pastor estará por perto.Mesmo após um culto é muito curto o tempo para conseguir um aconselhamento no momento de necessidade.


Enviar comentário

voltar para Mensagens

left|left tsN fwB|left show fwR|c10|||login news c10 c05 fwR tsY b01 b02 bsd|b01 c05 normalcase uppercase bsd|b01 normalcase fwR c10 tsY bsd|login news c05 b01 normalcase uppercase bsd|c05 tsN normalcase b01 b02 uppercase bsd|b01 c05 normalcase uppercase tsY bsd|content-inner||